Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

netviagens sapo

Férias, Cidades e Hotéis - Netviagens. O melhor, pior e as recomendações sobre turismo e viagens. Companhias Aéreas, Alojamentos e destinos

netviagens sapo

Evitar vendedores em Viagens

O pior de muitas viagens são os vendedores, e aqui trazemos alguns conselhos de como os evitar. Principalmente em países do norte de África e da Ásia, os vendedores fazem tudo para chamar a atenção do estrangeiro e tentar impingir uns souvenirs, muitas vezes até tentar enganar o turista. O que parecia ser um bom passeio pode tornar-se num pesadelo. É que à primeira insistência achamos graça, à segunda também, ao terceiro candidato de vendas o sorriso começa a esmorecer, e ao fim do décimo lojista nem um santo tem paciência. Aqui ficam as nossas recomendações.

 

Evitar vendedores em viagens de férias e turismo

 

Não falar: Muitos dos comerciantes tentam estabelecer diálogo, perguntando de onde somos, qual a nacionalidade, o nome, enfim qualquer tipo de pergunta para tentar iniciar uma conversação para posteriormente tentarem vender os seus produtos. Não responda, finja que não ouve, pode parecer má educação mas é a forma mais eficaz de os evitar.

 

Mãos nos bolsos: Não aceite nada, em muitos locais tentam colocar-lhe pequenas lembranças grátis nas mãos, mas como não há almoços grátis, isso implica ter de os aturar durante bastante tempo a assistir a exposição do arsenal de artigos que têm para venda. Para obviar este tipo de situação coloque as mãos nos bolsos.

 

Chapéu e óculos: Em muitos países o acto cultural para estabelecer uma conversa implica o contacto visual, se usar óculos de sol escuros e um chapéu pode passar anónimo entre a multidão.

 

Meio da rua: Diz-se que no meio é que está a virtude, e para se conseguir passear sem ser incomodado num bazar ou local de comércio, o melhor é andar no meio da rua, pois se passar à porta das lojas mais facilmente será abordado e puxado para dentro.