Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

netviagens sapo

Férias, Cidades e Hotéis - Netviagens. O melhor, pior e as recomendações sobre turismo e viagens. Companhias Aéreas, Alojamentos e destinos

netviagens sapo

Excursões Proíbidas

Há excursões que quase todos gostaríamos de fazer, mas há excursões proíbidas, aquelas onde poucos se sentem confortáveis, passeios perigosos, que podem custar a vida ou pelo menos provocar emoções fortes, não aconselháveis a quem sofre do coração.

 

 

Excursoes proibidas

Ingleses na Argentina

Por causa das Malvinas, umas ilhas que são território do Reino Unido, e que a Argentina reclama a sua soberania, foi travada uma guerra em 1982, como tal não será boa ideia integrar uma excursão de ingleses ao território Argentino, já que este País continua a reclamar as ilhas como suas, apesar de terem perdido a guerra.

 

Israelitas na Palestina

O conflito Israelo-Palestiniano tem levado a conflitos constantes, negociações e ataques terroristas, o não reconhecimento deste Estado por parte de Israel e os actos terroristas da Intifada tornam qualquer excursão nesta zona, um risco de morte.

 

 

excursoes perigosas

Americanos em Cuba

O embargo dos Estados Unidos a Cuba proíbe qualquer viagem turística ou comercial. Qualquer americano para se deslocar à ilha do Fidel Castro terá de fazer a ponte através de um 3º país, normalmente Canadá. O actual presidente dos E.U.A. prometeu levantar as restrições existentes desde a abertura cada vez mais crescente do governo de Havana.

 

Japoneses na Coreia do Norte

Desde raptos de cidadãos japoneses pela Coreia do Norte, espionagem, tráfico de drogas e testes de mísseis, são factores que azedam o relacionamento de ambas as nações e que tem provocado mal-estar há longas décadas. Embora o turismo para a Coreia do Norte não seja conhecido, existe e cerca de 1.500 pessoas todoso os anos escolhem aquele País para fazerem férias, através de uma agência governamental. Mais informação: Travel to the DPR Korea.

 

Americanos no Irão

O Irão vive num medo permanente duma invasão por parte dos Estados Unidos, e qualquer cidadão deste País não é bem-vindo, ao longo dos anos foram efectuadas várias detenções por parte do exército do Irão de estrangeiros ocidentais, nas suas águas territoriais ou por terem acidentalmente cruzado as suas fronteiras

 

Gays no Uganda

O Continente Africano tem o maior número de países com leis anti-gays no mundo.  Mauritânia, Nigéria, Sudão, Somália e Uganda tem pena de morte para quem infringir a lei que proíbe  relaccionamento de pessoas do mesmo sexo.

 

Russos na Geórgia

A Geórgia e a Rússia mantém uma série de hostilidades desde os confrontos militares em 2008 sobre as regiões separatistas da Ossétia do Sul e Abkhazia.

  

Colombianos na Venezuela

A guerra fria entre a Colômbia e a Venezuela, em que acusações de parte a parte levaram inclusivamente ao confronto de tropas fronteiricas, com o Presidente Colombiano a acusar a Venezuela de financiar e apoiar as FARC (grupo revolucionário) fazem com que turistas de qualquer um destes países não sejam bem-vindos ao seu vizinho.